Nossos Parceiros

Teste de HTML

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Teste de HTML

Mensagem por Death em Sex Fev 07, 2014 6:18 pm

Área destinada a testes de avatares, templates, assinaturas e etc...


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Qui Mar 30, 2017 1:05 am

um baile
de matar


Assim que ouvi sobre o baile, eu soube que era o momento perfeito para dar as caras em público. Klaus não tinha feito nenhuma objeção e eu não tinha a miníma vontade de pedir a permissão dele. É como diz aquele ditado, melhor pedir perdão que permissão. O único problema era que eu não sabia qual a roupa perfeita para a ocasião e eu não ia aparecer trajando qualquer coisa. Se era para me expor, então que fosse em grande estilo. Após horas jogando roupas para fora do meu armário, finalmente o encontrei. O belíssimo vestido de pedrarias havia sido confeccionado em Paris e, apesar de ser um pouco extravagante, caía perfeitamente em meu corpo.





avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Qui Mar 30, 2017 1:05 am






❝ i got a bad boy i must admit it. you got my heart don't know how you did it and i love the way i love you  ❞




Tinha chegado em Nova York há poucos dias, mas já me sentia à vontade na cidade grande.



TEMPLATE BY MINNIE DARLING OF SHINE


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Ter Abr 25, 2017 2:16 am

Código:
<center><link type="text/css" rel="stylesheet" href="http://fonts.googleapis.com/css?family=Libre+Baskerville" /><link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Quicksand' rel='stylesheet' type='text/css'><br><div style="width: 445px;background-color: #fff; border: 26px solid #363636; height: auto;"><div style="width: 390px; padding: 25px; background-color: transparent;"><center><div style="width: 300px; height:200px; padding: 5px; margin: 0 auto; background-color: transparent;"><br><table><td>[url=http://goo.gl/SgsOlf]<div style="background-image:url(http://68.media.tumblr.com/2e29aa18d608f8adc09e66d4ec7aa85f/tumblr_mzeoe6Ph3R1rrlh18o6_250.gif);width:150px; height:150px; background-position: center; border: 9px #1f1f1f;"></div></td>[/url]<td><div style="width:120px; text-align: center; font-size: 32px; font-family: Quicksand; text-transform: uppercase; color: #363636; letter-spacing: 0px; padding-bottom:0px;">CLIENT</div><div style="width: 100px; font-family: calibri; text-transform: uppercase; font-size: 8px; color: #363636; padding: 10px; text-align: justify; line-height: 80%;">Take a look in the mirror And what do you see Do you see it clearer Or are you deceived in what you believe</div></td></table></center><div style="width: 400px; height: 1px; background-color: #828282;"></div><div style="; color: #1f1f1f; text-align: center; font-family: Quicksand; font-size: 9px; text-transform: uppercase; line-height: 130%; letter-spacing: 4px;"><br>[b]Maybe I'm foolish, maybe I'm blind
Thinking I can see through this[/b]</div><br><div style="width: 400px; height: 1px; background-color: #828282;"></div><br><div style="width: 350px; padding: -10px; font-family: Calibri; color: #363636; text-align: justify; font-size:12px; text-transform: normalcase; line-height: 130%;"> Acordei naquela manhã com uma vontade surpreendente de aparacer no meu consultório. Considerando o quanto eu gosto de trabalhar, foi realmente surpreendente.

</div><br><br><div style="width: 400px; height: 1px; background-color: #828282;"></div><div style="; color: #1f1f1f; text-align: center; font-family: Quicksand; font-size: 10px; text-transform: uppercase; line-height: 130%;"><b>[url=http://cdni.condenast.co.uk/592x888/k_n/lowndes_gl_30jan12_rex_b.jpg]Vestindo[/url] ▪ Com: Xavier ▪ [url=https://www.youtube.com/watch?v=Xp-dKdSUuLk]Música[/url] ▪ [i]Oh, my dear![/i]</b></div><br></div></div><br><br></center>


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Qui Abr 27, 2017 10:47 am

Código:
<div align="center"><link href='https://fonts.googleapis.com/css?family=Oswald' rel='stylesheet' type='text/css'><div style="width: 300px; padding: 40px; background-color: #fcfcfc; border: solid 1px #888;"><img style="margin-top:20px;width:200px;height:100px;border:#555 1px solid;padding:10px;opacity:0.9;" src="http://68.media.tumblr.com/b7022df3cf36a23bb26a1ba3fd9d54ec/tumblr_ojqzeeAP2W1ushexco8_250.gif"><div style="font-family: Oswald; font-size: 30px; width: 228px; text-transform: uppercase; margin-top: 20px; font-weight: 400; color: #333;">um baile</div><div style="font-family: Oswald; font-size: 25px; width: 228px; text-transform: uppercase; letter-spacing: 0.2px; color: #333; margin-top: 15px;">de matar</div><br><br><div style="font-family: Verdana; font-size: 10.5px; line-height: 15px; text-align: justify; color: #444;">Cole me entrega uma taça de champanhe e de repente todo meu humor para com ele, mesmo que forçado, se foi. Deviam criar uma lei contra a produção de espumantes. A minha vontade, no momento, era de esvaziar minha taça na cabeça do híbrido ao meu lado, mas me controlei no último minuto. Chamar atenção seria bom, mas não por ter levado uma surra. Seria o tipo de atenção errada, então apenas sorri e coloquei a taça em cima do balcão, sem ter tomado um mísero gole. Um mal humor se instalou no fundo do meu âmago. Entretanto, considerando que aquilo ainda era uma festa, me esforcei para parecer estar me divertindo.

Com um braço recém colocado sobre o ombro de Cole, lhe direcionei um sorriso pervertido. [color=#990099]— Todas essas vidas são pequenas, meu amor.[/color] — Ajeito meu vestido, cruzando os braços. [i]Minha vida já é estragada, amigo.[/i] Olhei para onde o híbrido apontava sem respondê-lo. Mentalmente eu esperava que fosse Klaus, mas sabia que provavelmente seria Kol. Se tivesse ação, já estaria ótimo, na verdade. Voltei minha atenção ao meu parceiro de exército de vadias de Klaus. [color=#990099]— Que tal estragar minha vida dançando comigo? [/color] — Arqueei uma sobrancelha, mas não esperei por uma resposta. Logo puxei Cole para o meio das pessoas que mexiam seus corpos.





[center][url=https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/58/70/c6/5870c6971922402cbf12951926adbd12.jpg]Vestindo[/url][/center]
</div><br></div><br><div style="width: 390px; padding-top: 8px;    background-color: #fafafa; font-family: calibri; font-size: 7px; color: #acacac; text-align: center; text-transform: uppercase; letter-spacing: 2px;"><a href="http://wild.forumeiros.com/u1">© DFRabelo</a></div></div>


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Seg Maio 29, 2017 5:52 pm

link href="https://fonts.googleapis.com/css?family=Bitter" rel="stylesheet">
NASTASYA
CAPTUS

FORMULÁRIO ARQUIVADO
Criminal
ISO 1986:2017 certificado
ZRH Forma nº Q-570031

NOME COMPLETO:
Nastasya Grey Belikov
NASCIMENTO:
12/04/1997 00h06
SEXO:
F
ALTURA:
1,65m
PESO:
59kg
SANGUE:
B+
FOBIA:
Ser enterrada viva.
EX-PROF.:
Estudante de Química.
ATRAÇÃO:
Bissexual.
SUPERPODER:
Campo autoexplicativo.
PHOTOPLAYER:
Holland Roden.

AVALIAÇÃO CLÍNICA

PERIGOSO PARA OUTROS: (x)
PERIGOSO PARA SI: (x)
TENDÊNCIA SUICIDA: (x)
VÍCIO EM DROGAS: ( )
VÍCIO EM ÁLCOOL: ( )
SOCIALMENTE INCAPAZ: ( )
CRIMINOSO: ( )
ESPECIFICAÇÕES: Nastasya começou a ter alucinações aos 12 anos de idade, quando viu pela primeira vez um monstro gigante espreitando em sua janela. Inicialmente, seus pais acharam ser apenas pesadelos estranhos, até que Nastya começou a ter crises de choro após ter visto "caveiras voadoras", como a mesma descreveu aos médicos. Dois anos internada e tudo o que conseguiram foi deixá-la pior do que já estava. Logo, ela passou a ouvir vozes que a faziam acreditar que estar viva era o problema. Seus pais desistiram dela após a terceira tentativa de suicídio e a abandonaram numa clínica psiquiátrica.





HISTÓRICO: Descreva brevemente o resumo histórico da captura de seu personagem, não precisando falar sobre seu passado ou atual presente.

HABILIDADES INICIAIS

Destreza: 06
Força: 04
Inteligência: 07
Carisma: 06
Vigor: 07
ESPECIFICAÇÕES: Acrobacia, Farmácia, Leitura Labial, Resistência a Tortura e Armas Brancas.

SUPERPODER: Descreva brevemente a maneira que seu personagem descobriu seu poder, não precisa de detalhes apenas de algo direto sobre sua aparição. Poderes bloqueados: Poderes que não podem ser usados: Imortalidade, omnisciência, omnipresença, omnipotência, materialização ou desmaterialização, leis do universo, controle dos quatro elementos ou algo que envolva energia cósmica e anulação de poderes.





avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Qua Jun 14, 2017 12:56 am

Como sempre, levantei-me no total silêncio. Acho que meus companheiros gostam de dormir até mais tarde. Vida mais boa. Sem nada pra fazer nem ninguém pra conversar (visto que meu companheiro de cela parece me odiar), passei a ouvir música na minha própria cabeça. Não achou que tivéssemos rádios ou celulares na prisão né? Tentei pensar na música mais contagiante da qual eu me lembrava. S&M veio a minha cabeça. [color:825f=cc99cc]{Aquela sobre sexo?} [Safadinha.]

Eu fiquei cantarolando por alguns minutos até minha cela ser invadida por guardas. E isso estava se tornando mais frequente do que gosto de admitir. — E a privacidade não tem... — De duas uma, ou o guarda não me ouviu, ou preferiu ignorar meu comentário. [Eu disse que eles te odeiam.] Fui arrastada para fora da cela enquanto tentava revirar os olhos de forma dramatica. Acho que isso fez minha cabeça revirar um pouco, pois estava meio tonta quando alcansei os outros presidiários.

[color:825f=cc99cc]{Livres!} [Mortos!] Vocês deviam namorar... [Sabemos que quer ouvir nossos gemidos, sabemos.] [color:825f=cc99cc]{Que nojo!} Eu ainda estava rindo quando alguém começou a dar ordens em uma voz rouca. E eu não estava dando a mínima. Um garoto pareceu conversar comigo e eu mal entendi o que ele disse até que...
 [NÃÃO, eu também acho, vamo tudo morreeer.]

Eu apenas sorri e continuei andando/sendo arrastada, até que chegamos a um campo aberto. O ar parecia estranhamente limpo e puro ali, tanto que até tive dificuldades para respirar de início. Estava acostumada demais ao ar abafado de minha cela. Quando o garoto tornou a iniciar uma conversa comigo, eu tentei realmente prestar atenção. — Eu não sei você, mas não pretendo morrer antes de comer um pedaço de pizza novamente... — Dei de ombros, sabendo que talvez aquilo nunca se realizaria.

[color:825f=cc99cc]{Eu quero pizza.} [Você não pode comer, idiota.] [color:825f=cc99cc]{E nem ela...} Me dignei a apenas responde ro garoto com um sorriso amarelo, mal sabia ele que não era a prisão que mexia com minha cabeça. [Somos nós, pode dizer.]  [color:825f=cc99cc]{Own, ela nos ama tanto.} — Você devia se alegrar, aqui parece tão... Vivo.


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Qua Nov 01, 2017 2:37 am

no grey
i don't want to be forgotten
your words here




Código:
<center><div class="ngbackground"><table><tr><td><div class="ngimageborder"><div class="ngimage"><a href="http://cttw.b1.jcink.com/index.php?showuser=2235"><img src="****IMAGE WILL RESIZE AND CUT OFF SO DNW*****" height="100px"></a></div></div></td><td><div class="ngtitle">no grey<div class="ngline"></div></div> <div class="ngsubtitle">i don't want to be forgotten</div></td></tr></table><div class="ngtext">your words here</div></div></center><link href="https://fonts.googleapis.com/css?family=Oswald:300,700" rel="stylesheet">

<style type="text/css">.ngbackground { background-color:#efefef; width:350px; padding:50px; }.ngimageborder { width:100px; height:100px; border:10px solid white; border-radius:100%; -webkit-border-radius:100%; padding:5px; }.ngimage { width:100px; height:100px; border-radius:100%; -webkit-border-radius:100%; overflow:hidden; }.ngtitle { line-height:87px; font-family:oswald;  margin-top:-50px; text-shadow:2px 3px 0px white; font-size:60px; letter-spacing:-3px; color:#d92a4f; font-weight:700; position:relative; z-index:5; text-align:center; }.ngline {  z-index:-1; margin-top:-10px; width:220px; background-color:white; height:1px; position:relative; right:10px; }.ngsubtitle { text-align:center; font-family:oswald; font-weight:300; color:#c7c7c7; font-size:8px; text-transform:uppercase; letter-spacing:2px; margin-top:5px; }.ngtext { width:225px; margin-top:40px; padding:50px; background-color:#fff; font-family:arial; font-size:10px; line-height:13px; text-align:justify; color:#9a9a9a; }.ngtext b { color:#d92a4f; font-weight:700; }</style>

http://cttw.jcink.net/index.php?showtopic=17598


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Qua Nov 01, 2017 2:38 am



LINE OF LYRICS HERE
.txt

b txt



Código:
<center> <link href='https://fonts.googleapis.com/css?family=Varela+Round' rel='stylesheet' type='text/css'><link href='https://fonts.googleapis.com/css?family=Roboto:400,500,700' rel='stylesheet' type='text/css'><style type="text/css">.main-threadb-h1 { width: 320px; border: 1px solid #ddd; padding: 20px; background: #fcfcfc; }.main-threadb-h2 { width: 300px; background: #fff; padding: 10px; border: 1px solid #efefef; }.main-threadb-h3 { width: 204px;text-align: left; font-family: 'Varela Round', sans-serif; font-size: 7px; text-transform: uppercase; padding-bottom: 3px; letter-spacing:0px; color: #444; line-height: 100%; }.main-threadb-h4 { width: 204px; height: 1px; background: #ddd; }.main-threadb-h5 { width: 70px; height: 70px; padding: 3px; border: 1px solid #ddd; }.main-threadb-h6 { margin-top: 15px; }.main-threadb-h7 { width: 258px; background: #fff;  text-align: justify; font-family: 'Roboto', sans-serif; line-height: 120%; font-size: 10px; padding: 30px; border: 1px solid #efefef; color: #555; }.main-threadb-h7 b { font-weight: 500; color: #333; font-size: 11px; }</style>

<div class="main-threadb-h1"><div class="main-threadb-h2"><table cellspacing="0" cellpadding="0"><tr><td><div class="main-threadb-h3">LINE OF LYRICS HERE</div><div class="main-threadb-h4"></div></td><td><div class="main-threadb-h5"><a href="http://cttw.jcink.net/index.php?showuser=831"><img src="http://placehold.it/70x70" width="70px" height="70px"></a></div></td></tr></table></div><div class="main-threadb-h6"></div><div class="main-threadb-h7">.txt<p> <b>b txt</b></div></div></center>

http://cttw.jcink.net/index.php?showtopic=9526


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Qua Nov 01, 2017 2:50 am

Código:
<center><div class="ngbackground"><table><tr><td><div class="ngimageborder"><div class="ngimage"><a href="http://cttw.b1.jcink.com/index.php?showuser=2235"><img src="http://78.media.tumblr.com/e8f2fbd7962f4560197b7976d0173499/tumblr_nc0ag4zZaf1s8jb3wo1_250.gif" height="100px"></a></div></div></td><td><div class="ngtitle">risks<div class="ngline"></div></div> <div class="ngsubtitle">i don't want to be forgotten</div></td></tr></table><div class="ngtext">your words here</div></div></center><link href="https://fonts.googleapis.com/css?family=Oswald:300,700" rel="stylesheet">

<style type="text/css">.ngbackground { background-color:#efefef; width:350px; padding:50px; }.ngimageborder { width:100px; height:100px; border:10px solid white; border-radius:100%; -webkit-border-radius:100%; padding:5px; }.ngimage { width:100px; height:100px; border-radius:100%; -webkit-border-radius:100%; overflow:hidden; }.ngtitle { line-height:87px; font-family:oswald;  margin-top:-50px; text-shadow:2px 3px 0px white; font-size:60px; letter-spacing:-3px; color:#660000; font-weight:700; position:relative; z-index:5; text-align:center; }.ngline {  z-index:-1; margin-top:-10px; width:220px; background-color:white; height:1px; position:relative; right:10px; }.ngsubtitle { text-align:center; font-family:oswald; font-weight:300; color:#c7c7c7; font-size:8px; text-transform:uppercase; letter-spacing:2px; margin-top:5px; }.ngtext { width:225px; margin-top:40px; padding:50px; background-color:#fff; font-family:arial; font-size:10px; line-height:13px; text-align:justify; color:#9a9a9a; }.ngtext b { color:#d92a4f; font-weight:700; }</style>


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Death em Sex Jan 05, 2018 2:37 am

Código:
<center><div class="inj1"><div class="inj2">reencarnada </div>

 

<div class="inj3"><div class="inj4" style="background-image: url(https://media.giphy.com/media/3o7TKBwoK895UaKAz6/giphy.gif)"></div>

 

<div class="inj2" style="text-align: left; font-size: 15px; padding: 10px 0px">Escreva os dados</div>

 

i. <b>A NOMENCLATURA:</b> Heidi Björn-Østberg;

ii. <b>COMO É CONHECIDO:</b> Thor;

iii. <b>TIPAGEM SANGUÍNEA:</b> Reencarnado;

iv. <b>QUANTAS ESTAÇÕES VIVEU:</b> Quarenta e Dois Invernos;

v. <b>PRIMEIRO RESPIRO:</b> Vinte de Agosto de Mil Novecentos e Setenta e Cinco;

vi. <b>DESCENDENTE DE QUE POVO:</b> Norueguesa;

vii. <b>COMPORTAMENTO:</b> Malevolência Neutra;

viii. <b>COMUNIDADE:</b> Vilão;

ix. <b>CARGO PROFISSIONAL:</b> Empresária.

 

<div class="inj2" style="text-align: right; font-size: 15px; padding: 10px 0px">Informe os atributos</div>

 

i. <b>PONTOS DE ATRIBUTO:</b> 100 pontos;

ii. <b>ESPECIALIZAÇÃO: </b> Ágil (+5 em Agilidade);

iii. <b>ATRIBUTOS:</b>

 

<center><table><tr><td><b>FORÇA:</b> 16</td><td><b>INTELIGÊNCIA:</b> 19</td></tr>

<tr><td><b>RESISTÊNCIA:</b> 15</td><td><b>AGILIDADE:</b> 15 +5</td></td></tr>

<tr><td><b>VIGOR:</b> 15</td><td><b>CARISMA:</b> 20</td></tr></table></center>

 

 

<div class="inj2" style="text-align: left; font-size: 15px; padding: 10px 0px">Diga as perícias</div> 

 

i. <b>PERÍCIAS:</b>

 

<div class="perk">i. <b>Lábia</b>, calouro;

</div>

 

<div class="inj2" style="text-align: right; font-size: 15px; padding: 10px 0px">Cite os poderes</div>

 

i. <b>SUPER-PODERES:</b>

 

<div class="perk">[b]Força Física Divina: [/b] Aparentemente uma das maiores das HQs, estando no mesmo nível de nomes como Superman e Hulk. Até hoje não houve nada que ele não tenha conseguido carregar, puxar, levantar ou empurrar.

 

[b]Resistência Física Sobre-Humana: [/b] Thor também possui uma das resistências mais elevadas no universo dos quadrinhos. A resistência de Thor é consideravelmente maior do que a de Asgardianos regulares graças a sua herança genética divina. Podendo até resistir ao fogo e ao frio extremo.

 

[b]Velocidade Sobre-Humana: [/b] Thor pode se mover muito mais rapidamente que um ser humano normal, graças as vantagens oriundas da raça asgardiana. A capacidade de reação do Thor também é muito superior, se comparado a um humano normal graças aos seus sentidos sobre humanos.

 

[b]Sentidos Aguçados:[/b] Thor possui os sentidos mais aguçados que os de um humano comum; podendo até seguir a trilha de um inimigo por meses sem perder o rastro.

 

[b]Voo: [/b] Thor demonstrou a habilidade de voar e levitar mesmo sem seu martelo.

 

[b]Cura Acelerada:[/b] Thor pode se curar em uma velocidade muito maior que seres humanos normais. Portanto, pode facilmente curar grandes feridas em questão de horas. Entretanto, regenerar membros ainda não é possível para ele.

 

[b]Longevidade:[/b] Thor não pode morrer de causas naturais, como doenças humanas, apenas de causas induzidas. Assim como é imune a toxinas e venenos. Ademais, Thor não é imortal, apesar de parecer, porém envelhece de forma extremamente lenta.

 

[b]Manipulação Temporal: [/b] Thor é comumente conhecido como “Deus do Trovão”. Ele comanda os elementos da tempestade onde, quando e como quiser. Já invocou rios e tempestades no espaço, onde não existe atmosfera. Pode invocar a mais rigorosa das tempestades. Tais poderes podem tanto ser usados de maneira muito efetiva, visando causar dano, ou reparar/evitar algum tipo de variação a algo ou alguém. Os elementos da tempestade sob domínio de Thor são: chuva, vento, gelo e neve.

 

[b]Eletrocinese[/b] consiste no poder de manipular e criar ondas de energia elétrica, sendo seus usuários capazes de canalizar a energia por um objeto, como um cajado e lançar um raio diretamente dele.

[b]Linguagem Universal:[/b] Este é um poder comum para os asgardianos, pois o mesmo concede a Thor a habilidade de falar e entender quase todas as línguas que existem.

</div>

 

i. <b>HABILIDADES:</b>

 

<div class="perk"> [b]Habilidade de Combate e Experiência: [/b] Grande parte da vida de Thor foi marcada por combates contra gigantes do gelo, trolls, elfos negros, demônios e toda sorte de criaturas mitológicas. Sendo assim, nada mais natural que Thor adquirisse exímia perícia no combate corpo a corpo.

 

[b]Resistência Mental:[/b] Thor pode resistir a ataques mentais e psíquicos, às vezes conseguindo até ver através de uma ilusão.

</div>

 

<div class="inj2" style="text-align: left; font-size: 15px; padding: 10px 0px">Conte o histórico</div>

 

Seria fácil começar contando sobre a infância feliz de uma criancinha, ao lado de seus pais que a amavam muito e que lhe davam tudo o que queria, mesmo que morassem em uma cidade bem pequena. Porém, infelizmente, isso aqui não é um conto de fadas. Não haverá ursos fofos com seus pratos de mingau, nem porquinhos gordinhos que constroem casas. Essa história é sobre fogo. Fogo, sangue e morte.

 

[right]Parte Um; 10-20[/right]

 

[i]Tudo era tão vermelho ali.[/i]

Todos corriam, não importava para onde eu olhasse. Não havia uma pessoa sequer que não estivesse desesperada para sair dali. Como sempre, eu era a exceção. Com um copo de água em uma mão e um mini cachorro quente na outra, eu observava o formigueiro que tinha virado a sala da minha casa. O que era para ser uma festa, tinha se tornado um verdadeiro caos de fumaça e cheiro de bebida alcóolica derramada. Mas eu não me importava. Estava com fome e estava comendo, e, para mim, era apenas isso. E que se danasse o resto. Eu não tinha derrubado aquela vela na cortina. Esse tinha sido o filho catarrento de alguém. Não era minha culpa e por isso eu não me sentia responsável por ninguém ali, não me sentia na responsabilidade de ajudar ninguém. A verdade é que, mesmo que a culpa fosse minha, eu provavelmente não tentaria ajudar. Tinha sido criada assim. Meus pais não se importavam com nada e nem ninguém além deles e de seu dinheiro, nem mesmo comigo que era sua única filha. Então eu não me importava também. Nunca me importei. Nunca tinham me ensinado o que era empatia, e eu não conhecia nenhuma forma de amor.

 

Eu estava me divertindo observando aquela bagunça. De alguma forma, aquilo me deixava feliz. Porém, infelizmente, um dos empregados do meu pai veio me “socorrer”. Um homem grisalho praticamente arrastando uma jovem de 12 anos era uma cena estranha para mim. Eu me imaginava naqueles pornôs pervertidos de velhos com jovens. Depois dos gritos falsos da minha mãe, aos quais, devo dizer, não dei muita importância, um médico veio me analisar. Observou minha respiração, me forçou a usar aquelas máscaras para respirar que eu nunca soube o nome, escutou meu coração, colocou uma luzinha nos meus olhos. E nada. Eu não tinha nada. Devo dizer que aquilo assustou tanto o médico quanto meu pai, o que era novidade, pois o cara nunca, e repito, nunca demonstrava nenhum tipo de sentimento e/ou emoção.

 

Os anos começaram a passar depressa, e, com o tempo, meu pai voltou a pensar que eu não tinha nada de extraordinário. Bem, pelo menos até minha [i]superfesta[/i] de dezesseis anos. Isso foi quando ele percebeu que eu já estava virando uma adulta e ainda tinha a aparência de uma criança de dez anos. Ali estava eu, no comando de tudo, como uma mulher feita, mas minha voz ainda era fina demais e eu ainda tinha metade da altura do meu pai, que já não era tão alto assim. Por um tempo, começaram a me levar a diversos médicos, pois tinham certeza absoluta que eu tinha alguma deficiência. Mas a verdade é que sempre desconfiei que faziam de tudo para achar um motivo para se livrarem de mim. Nem que, para isso, precisassem inventar uma doença.

 

Portanto, tenho certeza de que ficaram muito felizes quando fui aceita em Harvard, não por ter conquistado algo que poucos conseguiam, mas porque a universidade ficava em outro continente, então eles só precisariam enviar um pouco de dinheiro todo mês e pronto, nenhuma outra preocupação ou responsabilidade para comigo. E foi por isso que eu não voltei mais para a casa deles. Nem nos feriados, nem depois que me formei. Nem quando recebi a notícia de que meu pai tinha ficado doente. Eu sei que minha família nunca me perdoou por não ter ido ao enterro do meu próprio pai, mas eu não estava nem aí para eles. Eu só estava abandonando quem tinha me abandonado.

 

[right]Parte Dois; 20-30[/right]

 

Eu não era mais uma criança quando herdei as empresas do meu pai, mas isso não impediu os advogados de me proibirem de mostrar o rosto durante os primeiros anos. Eles diziam ser para minha proteção e para preservar minha privacidade, mas eu sempre desconfiei de que tinham medo da reação da mídia ao descobrirem que uma garotinha tinha herdado uma das empresas mais famosas do mundo. Claro que eu era maior e tinha responsabilidade suficiente para o emprego, assim como tinha formação e experiência. Entretanto, nada disso seria o suficiente contra meu rosto extremamente jovem para minha idade.

 

Eu já tinha quase trinta e cinco anos quando me deram permissão para trabalhar de forma presente na minha própria empresa. Todavia, fizeram todos os meus empregados acreditarem que eu tinha pouco mais de vinte. Isso foi quando comecei a seguir atrás de minhas ambições. A Kosmisk Industries já era a maior empresa desenvolvedora e fabricante de tecnologia automobilística e armamentista da Noruega, e minha intenção era ter grandes filiais no mundo todo. Já estávamos em quase toda a Europa e eu logo mudei o prédio central de Oslo para Nova York. Depois que tomei a presidência das empresas que meu pai havia criado, as coisas começaram a ficar bem estranhas na minha cabeça. Como se já não bastasse envelhecer de forma diferente das outras pessoas e não precisar aprender línguas diferentes, pois eu já sabia todas elas.

 

[right]Parte Três; Atual[/right]

 

O [i]Tic Tac[/i] do relógio antigo pendurado acima da minha cabeça estava perfurando meus tímpanos naquela manhã. Nunca tinha me incomodado antes, não tinha me importado com aquele maldito relógio nem sequer uma vez nos últimos dois anos em que trabalhava naquela sala. Porém, naquele dia em específico, tudo estava me incomodando. Desde o relógio infeliz até o sol que entrava pela minha janela. Uma raiva escurecia meu coração. Uma raiva que eu não sabia de onde vinha, assim como não sabia de onde vinha a dor alucinante que assombrava meu cérebro. A verdade é que já estava quase na hora do almoço e eu ainda não tinha feito nada.

 

Uma batida calma e ritmada na porta me tirou de meus devaneios por um instante. E antes que eu pudesse responder, Tomás entrou em meu escritório como um ratinho que entra na cova do leão. Cuidadosamente, colocou os arquivos que carregava em cima da minha mesa, sorriu e saiu quase correndo. Eu tinha ensinado a todos muito bem. Se vissem que eu estava de mau humor, apenas faziam seus serviços sem me falar nem sequer um oi. Era assim que eu gostava. Infelizmente, meu gerente não se importava com o que eu queria, muito menos com o que eu gostava. Ele entrou em minha sala pouco depois que Tomás saiu, sem nem mesmo bater antes. Ele era atrevido a esse ponto, eu já o conhecia bem para saber, mas naquele dia, ele tinha escolhido o pior dos momentos para ser ele mesmo, e pior ainda para ser ele mesmo na minha frente.

 

Ele falava como uma maritaca, piorando muitas vezes minha dor de cabeça, e eu só conseguia ouvir um [i]blá blá blá[/i] irritante dos infernos. Acho que mandei ele sair da minha sala umas três vezes, mas ele não me deu ouvidos. Nunca dava. Minha cabeça estava explodindo, mas a raiva já tinha explodido há algum tempo. A mesa se quebrou ao meio com o soco que eu dei, e foi a primeira vez em anos que John dava atenção ao que eu dizia, mesmo sendo sua chefe.

 

— SAIA

 

[center]***[/center]

 

Depois daquele dia, tudo começou a piorar. Eu já não controlava a força de meu próprio corpo e ás vezes acordava vinte centímetros acima da minha cama, flutuando no ar. Por isso, a Kosmisk se tornou uma fiel afiliada para os maiores centros científicos de pesquisa sobre mutantes e meta-humanos. Eu lhes dava patrocínio e eles me devolviam com respostas para as minhas maiores perguntas.

 

<div class="inj2" style="text-align: right; font-size: 15px; padding: 10px 0px">Outras Coisas</div>

 

i. https://aminoapps.com/c/comics-portugues/page/blog/thor-poderes-e-habilidades-1/xRQl_4LH2u3qdKbkPvoPl6KLoZMJXg4Ggz

ii. thorfilhododin.blogspot.com.br/p/poderes-e-habilida.html?m=1

iii. pt-br.anicrossbr.wikia.com/wiki/Thor_(Marvel)

iv. www.debatenerd.com.br/2016/01/o-verdadeiro-poder-de-thor-marvel.html?m=

v. pt-br.liberproeliis.wikia.com/wiki/Thor_Odinson

 

</div></div></center>

 

<link href="https://fonts.googleapis.com/css?family=Playfair+Display" rel="stylesheet"><style type="text/css"> .inj1 {padding: 80px 40px 40px;background: #fff;position: relative;} .inj2 {text-align: right; color: #111;font: 700 25px playfair display;letter-spacing: 2.5px; padding: 10px 2px;width: 500px;text-transform: uppercase;word-spacing: 2.5px;border-bottom: 1px solid #111;} .inj3 {width: 500px;font: 9.5px/20px arial;letter-spacing: 0.5px;word-spacing: 1px;background: #fff;text-align: justify;padding: 20px 0px;color: #111;} .inj3 b {color: #111;font-weight: bold;font-family: montserrat;text-transform: uppercase;letter-spacing: 1px;font-size: 9px; line-height: 20px} .inj3 i {color: #111;letter-spacing: 1.5px;font: italic 9px times; line-height: 20px} .inj3 flashpoint {text-align:justify;color: #111;font: 8px playfair display;letter-spacing:2px;padding: 0px 00px 20px 200px;width: 200px;text-transform: lowercase;margin-left: 50px;} .inj4 {width: 500px; height: 200px; background-size: cover;} .inj3 td {font-family: montserrat; font-size: 8px; letter-spacing: 2px; padding: 3px 7.5px} .perk {margin: 20px 00px 20px 50px}</style>


avatar
DeathI'm The Boss

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de HTML

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum